Para investir sozinho, posso sacar dinheiro da previdência?

masterbh-devo-sacar-dinheiro-da-previdencia-para-investir-sozinho2

Dúvida do internauta: Tenho um plano de previdência para o qual minha empresa contribui com 4% do meu salário e eu com outros 4%, e ainda invisto em outro plano individual. No momento da aposentadoria, como já tenho mais de 10 anos no plano, a empresa permite que eu resgate a minha parte e também a parte dela. O valor que terei daqui a dois anos, quando posso me aposentar, será de aproximadamente 350 mil reais, considerando os dois planos, o da empresa e o individual.

Minha pergunta: é melhor me aposentar e ter uma renda vitalícia reversível ao cônjuge ou resgatar o valor e aplicar em outro investimento? Informo ainda que o meu plano é um PGBL, a tábua atuarial é a AT-83 e o regime de tributação escolhido foi o regressivo.

Resposta de Fernando Meibak*:

É muito positivo que você tenha contribuído ao plano de previdência junto com sua empresa, além de ter feito depósitos adicionais em outro plano. É um programa de poupança mensal de longo prazo e a contrapartida de sua empresa é um benefício muito importante.

O fato de você estar há mais de 10 anos no plano e poder resgatar todos os recursos depositados é um dado relevante. A tábua atuarial AT-83 é positiva, pois a expectativa de vida é menor do que nas tábuas mais recentes, o que define um benefício maior.

O montante que você tem acumulado, no entanto, não é muito elevado. Ou seja, ele irá definir um valor de renda relativamente baixo. Não sei se você tem outras reservas financeiras e se contribui para o INSS. Tomara que sim, pois dessa forma essa renda seria complementar.

O modelo de renda reversível ao cônjuge é positivo, pois um risco dos planos com renda é justamente você falecer e perder os recursos acumulados.

Apesar de todas as considerações, é difícil responder se seria melhor você resgatar os recursos e investir você mesmo. Eu teria que avaliar sua idade, as condições de renda do seu plano, a sua expectativa real de vida, as taxas de juros dos investimentos diretos etc.

Eu tendo sempre a dizer que as empresas seguradoras, responsáveis pelos planos, são muito conservadoras na contratação de planos de renda vitalícia e que por isso seria melhor você mesmo investir os recursos. Espere a alíquota do imposto de renda regressivo atingir a faixa de 10% e avalie melhor.

* Fernando Meibak é sócio da consultoria Moneyplan, ex-diretor de gestão de investimentos do ABN-Amro Real e HSBC Brasil e autor do livro “O Futuro Irá Chegar! Você Está Preparado Financeiramente para Viver até os 90 ou 100 Anos?”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *