Homem será indenizado após intoxicação alimentar causada por suposto queijo vencido

homem-sera-indenizado-apos-intoxicacao-alimentar-causada-por-suposto-queijo-vencido

A 6ª Câmara Civil do TJ confirmou sentença que concedeu indenização por danos morais, arbitrada em R$ 3 mil, a um consumidor que teve intoxicação alimentar supostamente por comer um queijo fora do prazo de validade.

O autor ajuizou ação contra o supermercado que comercializou o produto vencido, e em apelação pleiteou majoração da indenização de R$ 3 mil para R$ 35 mil, pois considerou o valor inicialmente arbitrado ínfimo para o caso.

Contudo, segundo o desembargador Monteiro Rocha, relator do acórdão, não há provas de que o queijo, comprado com o prazo vencido, foi efetivamente o causador da intoxicação do autor, que durou apenas um dia.

No entanto, como o supermercado aceitou sua condenação ao não recorrer da sentença, ao desembargador coube apenas reprovar a disponibilização de produto fora do prazo de validade.

“A majoração pleiteada, todavia, não deve ser deferida, seja porque a prova dos autos não autoriza qualquer condenação, seja porque as consequências do ilícito não foram substanciais a ponto de ensejar vultosa reparação”, anotou. A decisão foi unânime.

Fonte: TJSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *