Especialista alerta consumidor sobre as liquidações de começo de ano

masterbh-especialista-alerta-consumidor-sobre-as-liquidacoes-de-comeco-de-ano

Muita gente prefere ir às compras após o Natal. A intenção de boa parte destes consumidores é ter acesso às famosas liquidações do começo do ano. No entanto, o especialista em consumo Dori Boucault, de Mogi das Cruzes, faz um alerta: o consumidor precisa ficar atento aos saldões. “É bom guardar todos os panfletos destes estabelecimentos e, no caso de compra de eletroeletrônicos, o consumidor tem de pedir para que a loja teste o produto antes de vender”, detalha o especialista.

Se o produto tiver algum pequeno defeito e estiver mais barato por esse motivo, a informação tem que ficar bem clara para o consumidor. “Tem que vir estipulado na nota fiscal sobre o defeito e o consumidor não tem direito à troca”, detalha. Além disso, o especialista alerta sobre a importância da pesquisa. “Às vezes as lojas jogam o preço lá em cima e baixam dizendo que deram desconto”, diz o especialista.

Em Mogi das Cruzes, a TV Diário encontrou no comércio uma blusa feminina que antes do Natal custava R$ 15 e estava sendo vendida por R$ 10. Em outra loja, uma máquina de lavar roupas que era vendida por R$ 1.499 baixou para R$ 999. Boucault explica também que se os produtos da liquidação apresentarem defeito, do mesmo modo, a loja é obrigada a trocar. Neste casos, as famosas placas informando que as mercadorias do saldão não podem ser trocadas são ilegais. “Não existe essa legislação. Não existe nenhuma fundamentação. O Código de Defesa do Consumidor diz que em caso de defeito a troca é obrigatória. E o consumidor tem 30 dias para efeturar a troca”, detalha.

 

FONTE: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *